O deputado Jean Wyllys (PSOL) defendeu sua opinião a respeito da legalização da maconha. Segundo ele, tornar a Cannabis legal é uma questão de segurança pública e de direitos humanos.
O projeto PL 7270/2014, da autoria de Wyllys, pretende regularizar a produção, a industrialização e a comercialização da Cannabis. Um dos pontos do projeto, que tem 60 páginas, diz respeito à anistia aos traficantes de drogas.

O deputado faz um resgate do número de mortos por uso de drogas entre 2006 e 2010. Ao todo, 40.692 pessoas morreram por esse motivo. Desses, 34.573 (84,9%) faleceram por causa do abuso de álcool, e 4.625 (11,3%), por causa do cigarro. “Quer dizer: 96,2% das mortes diretamente relacionadas ao uso de drogas foram causadas por duas substâncias que, na atualidade, são lícitas”, argumentou Wyllys.
A maconha não chega nem a ser mencionada no relatório do Ministério da Saúde, que foi usado pelo deputado para ter acesso às informações que você leu acima.
O projeto de Wyllys propõe anistia a todos os presos condenados pelo tráfico de maconha – o que não inclui quem está preso também pela prática de outras condutas ilegais. A medida seguiria a lógica da descriminalização do comércio e do consumo da Cannabis.
LEIA MAIS EM UOL

Postar um comentário

  1. esse cidadao é um escarnio para o Brasil,mais esse Jean whylis pertence aos illuminattis tambem ele faz parte dos Ativistas gays

    ResponderExcluir

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.