O ministro das relações exteriores dos EUA, Jonh Kerry esta na africa com “uma mensagem dura” para o Sudão e a Republica do Centro da Africa afim de diminuir a violência nessas areas. Ele também está preparado para instituir sanções economicas. Essa é a resposta dele à violência. A violência na RCA continua, recentemente o hospital de Boguila foi alvo de um atentado que resultou na morte de 16 pessoas. Um dos mortos foi um médico membro da equipe dos médicos sem fronteiras. “Nos estamos aterrorizados pela violência praticada contra nossos voluntários e contra a população local. Esse incidente assustador nos obrigou a retirar nossa equipe médica em apoio à Boguila” -Diretor da missão medicina sem fronteiras (setor Afritca) Desde a queda do antigo governo e o golpe contra o Bozize, os membros da guerrilha Seleka tem operado series de assassinatos e atentados furiosos e o pior é que o governo não tem sido capaz de contê-los, entre as atrocidades cometidas pelo Seleka, que são muçulmanos simpatizantes, está o fuzilamento de um grupo de cristãos. Em meio aos massacres um grupo procura vingança, conhecidos como Ant-Balaka, esse grupo de ex-militares agem na proteção dos cristãos que estão sendo atacados pelo auto-denominado atual presidente Michel Djotodia. 
Outro grupo que levanta questionamentos é o LRA (Lord’s Resistance Army ou Exército pró resistência do Senhor). 




A comunidade internacional tem buscado rastros do LRA é sabem que eles ainda estão na RCA (República Centro Africana). Recentemente um dos comandantes juniores do LRA foi capturado e preso e especula-se que eles tem o seu novo quartel general em algum lugar no subsolo da região de aonde continuam à operar. 



Existem guerras pelo controle das terras mais produtivas da região, mas quem estaria financiando um limpeza étnica? Até a imprensa cristã tem publicado o Ant-Balaka como um grupo cristão que busca vingança. Todo esse mal esta se expandindo rapidamente e se assemelhando cada vez mais a ideologia de Hitler. 
A população afetada pelos massacresbuscam refúgio em igrejas e hospitais enquanto as guerrilhas os atacam em suas próprias terras, locais de trabalho e também refúgios. Essa não é uma guerra convencional.    
A violência se espalha do Sudão à Nigeria, uma avenida de terror conectando quase toda a Africa. No Egito, recentemente uma criança de 6 anos de idade foi estuprada por um mulçumano que disse estar “ensinando o garoto uma lição por cantar sobre o novo líder do Egito”. Uma ordem de tortura e estupro não pode ter vindo de Deus.Na Nigéria pelo menos 230 garotas adolescentes tem sido mantidas refém obrigadas a se casar com seus sequestradores e servi-los como escravas domésticas. 



Após o bombardeio de Abuja, a mídia ignorou a situação em que foi o maior e mais sofisticado atentado. Aonde essas guerrilhas tem obtido armas? Porque as investigações e notícias cessaram? Aonde está a ONU? Líderes religiosos afirmam “essa guerra é política e não religiosa!”

Tradução por Daniel Sodre

voiceofthepersecuted

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.