sexta-feira, 2 de maio de 2014

Acordei enquanto havia tempo, aprendi enquanto podia aprender


Que o amor de DEUS resplandeça nos corações, que a paz de CRISTO esteja presente nos sermões, não apedrejando os que pecam, mas levando a mensagem de forma impactante e verdadeira serena, que é o evangelho.
Do que me aproveita fazer o foco do meu evangelismo sarcasmo? Ou do que me aproveitaria fazer o foco do meu evangelismo apontar erros mas não ensinar a verdade? E do que me adiantaria fazer o foco do meu evangelismo apenas isso, mostrar o erro e mostrar o erro? O evangelho por si só não contrita o pecado? Então porque ficar apontando irmãos na fé que estão perdidos? Esse ou aquele, isso ou aquilo, de nada obtém proveito. 

Lembro-me da forte palavra que diz ''a palavra é viva e eficaz, mais penetrante que a espada de dois gumes, essa palavra chega ao ponto de dividir a alma e o espirito.'' 
Minhas opiniões não servem de nada se o foco não é o amor e o evangelho cristocêntrico de ser. Eu já fui julgador do meu próximo, e isso me tornou acusador. 
O amor nos leva a pregar a palavra, mostrar o erro não é pecado, porém não podemos tornar isso o foco do nosso evangelismo. O que diariamente pregamos? 
Um homem de DEUS é completo, não busca só estabilidade própria, ele divide e ele prega todas as coisas que contém nas escrituras. O bem, o mal, os erros e também os acertos, elogia mas também critica, ora se o meu evangelismo pendesse apenas pra um desses sentidos logo eu seria falho no que faço. 
Há irmãos precisando de força para prosseguir, há pessoas más precisando de conversão, há falhas precisando de exortação, e também a maldades e rancores precisando de amor no coração. Que tipo de pregador quero ser? Aquele que todas as manhãs as pessoas ficam esperando para ver quem irei apontar para medir? Ou aquele que através do evangelho genuíno já mede todas as coisas apenas por falar das coisas de DEUS que são santas, abrangendo tudo ao seu redor em amor e verdade? Hoje não faço como antes, já fui medidor e acusador, mas hoje eu mostro sim os erros, quando necessário, não toda hora e nem todos os dias. JESUS CRISTO exortava os fariseus todos os dias? Os sermões de CRISTO eram de exortação todos os dias? Não, coisas suaves saíram da boca de DEUS assim como também as amargas. Por tanto sejam amáveis em espirito e em verdade, exorte mas com prudência, pregue mas com sabedoria, não sabedoria em meras palavras difíceis que complicam a mente de um leigo, mas em sabedoria de amor e simplicidade que já é belo e essencial, para que uma alma se converta dos seus maus caminhos e seja salva pelo poder do sangue do cordeiro. 
Com amor e sinceridade eu escrevo estas palavras, porque eu acordei em tempo de viver, pois eu estava morto em tempo de morrer.


Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. (2 Timóteo 4:2)

QUE O AMOR DE JESUS CRISTO E A PAZ DELE O ETERNO QUE É NOSSO SENHOR E SALVADOR ESTEJA COM TODOS VOCÊS!

PELA GRAÇA E MISERICÓRDIA DE DEUS!

Cezar S D S Scholze
O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.