A informação vem de uma das meninas sequestradas pelo grupo islâmico radical Boko Haram. A menor informou que as reféns mais novas sofrem cerca de 15 estupros todos os dias, escreve a Folha.

Em entrevista ao portal nigeriano “The Trent” a menina, a única que até agora conseguiu fugir e uma das dezenas que foram raptadas pelo grupo Boko Haram contou que as mais novas são abusadas sexualmente até 15 vezes por dia. O grupo radical terá raptado mais de 200 menores de idade no passado dia 14 de abril em uma escola de Chibok, no nordeste da Nigéria.

Em depoimento, a menina que as virgens são entregues aos líderes grupo e que todas são forçadas a se converter ao islamismo. Em cativeiro, as menores são obrigadas a fazer sexo com os membros da seita e a recusa ou desobediência era punida com degolação.
Depois de serem sequestradas, as dezenas de meninas sob o controle do Boko Haram foram levadas para um campo da milícia fundamentalista em Sambisa, estado de Borno. Algumas meninas eram usadas pelos homens e outras eram vendidas como esposas por pouco mais de duas mil nairas cada uma, ou R$ 30.

Notícias ao Minuto

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.