A luta pelo reajuste salarial e por melhores condições de trabalho levou o corpo da Polícia Civil a marcar uma paralisação para essa quarta-feira (21), no Rio de Janeiro.

De acordo com o jornal “O Globo”, a ação de protesto foi organizada pela Confederação Brasileira de Policiais Civis (Cobrapol) com o apoio da Federação Nacional de Policiais Federais (Fenapref) e pela Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (Fenprf).

Segundo o inspetor Francisco Tchao, presidente do sindicato dos Policiais Civis (Sindpol), os policiais vão “manter 30% do atendimento. A ideia é registrar apenas os casos de violência, grave ameaça e roubo e furto de veículos”.
Ainda essa terça-feira (20), o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, afirmou que não irá fazer “pirotecnia” para aceder aos pedidos dos policiais, no que diz respeito ao reajuste salarial.
“Eu quero muito valorizar o funcionalismo público, mas eu não posso cometer loucuras, não vou fazer pirotecnia no meu último ano de governo para ficar bem com o funcionalismo e depois não poder pagar e quebrar o estado. Quem dera eu pudesse estender a todo o funcionalismo público o que a gente fez para a área da segurança”, declarou Pezão.
O governador lembrou ainda que, nos últimos sete anos, o Rio de Janeiro deu mais de 120% de aumento a funcionários na área da segurança.

Notícias ao Minuto

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.