''EUA não hesitará em usar a força militar para defender seus aliados", advertiu a Coreia do Norte o presidente Barack Obama, que está visitando a Coréia do Sul.

"As obrigações dos Estados Unidos para proteger a segurança da República da Coréia só aumentam contra a agressão",  disse  Obama, que falou com 28 mil soldados norte-americanos estacionados na Coreia do Sul, cuja fronteira com seu vizinho do norte ajuda a proteger .  "Nossa aliança não será destruída com suas tentativas de chamar a atenção", disse o presidente, que enfatizou: ". Nós não hesitaremos em usar a força militar para proteger os nossos aliados e nosso modo de vida", disse ele  em sua visita  a Coréia Sul
e que em dias depois Seul anunciou a sua preocupação de Obama com a possibilidade de que o Norte esteja com o seu quarto teste nuclear pronto. "Tem havido um movimento brusco de veículos e pessoas dentro e ao redor do local de teste nuclear Punggye-ri", disse uma fonte do governo sul-coreano ao jornal. Um novo teste nuclear poderia levar a novas sanções contra Pyongyang, disse durante a sua visita Presidente Obama, em uma conferência de imprensa conjunta com o presidente sul-coreano Park Geun-hye disse que "as ameaças só vão trazer mais privacidade para a Coréia do Norte." 

RT

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.

Author Name

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.