quarta-feira, 23 de abril de 2014

Facções palestinas, Hamas e Fatah assinaram um acordo histórico de reconciliação


Facções palestinas, Hamas e Fatah assinaram um acordo reconciliação

O líder do Fatah e presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), Abu Mazen, chegou a um acordo com o grupo islâmico Hamas para formar um governo de unidade. Este acordo vem como Israel está negociando com a continuação da processo de paz, o prazo estipulado é para 29 de abril. Este acordo, que relatou Al Jazeera e AFP citando fontes ligadas à negociação interpalestina, tornou-se oficial na quarta-feira. Uma reunião Sustentada terça-feira em Gaza entre representantes dos dois grupos rivais tem sido fundamental para quebrar o gelo. 

O governo palestino será apresentado em cinco semanas e será composto por tecnocratas. Não é a primeira vez que a reconciliação entre Fatah e Hamas acontece anunciou desde junho de 2007 as tropas armadas do movimento islâmico deposto de Gaza leais a Abu Mazen. Nos violentos confrontos desde que há as duas entidades separadas e opostas o governo da Cisjordânia sob o Fatah e o Hamas na Faixa de Gaza esta sob controle  de Libertação Nacional Movimento Fatah palestino que é uma organização política-militar palestino, fundada no final dos anos 50 no Kuwait por Yasser Arafat. Esta organização é um componente essencial da Organização de Libertação (OLP), criada em 1964. 

RT

O CORREIO DE DEUS
O CORREIO DE DEUS

This is a short biography of the post author. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus nullam quis ante maecenas nec odio et ante tincidunt tempus donec.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO!

Desde já quero informar que todos serão responsabilizados pelos seus comentários!

Comentem mas com pudor e serenidade, pois só serão aceitos comentários que somam para o assunto caso contrário não serão publicados. Críticas são bem vindas desde que tenham coerência no que estão falando. E comentários de links e propagandas de outras páginas não serão publicados também. Temos uma visão conservadora e não desviaremos o foco do pensamento bíblico. Att; SITE O CORREIO DE DEUS

Grato pela atenção de todos.