PALAVRA DO DIA

Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a palavra de Deus não está presa. (2 Timóteo 2:9)

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Metano no Ártico é bomba relógio, alertam cientistas. Seria isso verdade? E isso afetariam que regiões?


Liberação de metano que ocorre na Sibéria será causa, no futuro, de danos superiores aos ganhos para a economia global, como inundações e secas ou talvez uma grande erupção

O gás metano que está se desprendendo no Ártico graças ao derretimento maciço das geleiras – e que está se acelerando a cada verão – é “uma bomba-relógio” que será bastante visível nos litorais, acelerará a mudança climática e, para a economia global no curto prazo, irá causar perdas superiores aos ganhos globais, afirmou um grupo de cientistas de três universidades britânicas.

O estudo concluído após 40 anos de análise dos efeitos do metano liberado pelo “desaparecimento do gelo marinho no verão do Ártico”, mostra que os líderes mundiais não têm considerado as perdas econômicas trazidas pelas próximas enchentes, secas e problemas de saúde causados pelas mudanças climáticas aceleradas, nem é considerado que este metano pode ser liberado em uma grande erupção.
AVISO!
Se não for cair sua mão, cite o nome de onde copia!
ÚLTIMAS NOTÍCIAS E ARTIGOS